Xingu

UM POUCO DE HISTÓRIA DO INICIO DESTA GRANDE TROPA

Serra do Mar, Serra dos Itatins e Pantanal, nesta ordem, foram as primeiras patrulhas da tropa sênior XINGU, nome que só apareceria em 1985. Rogério, Osvaldo e Maurício Jabá, nesta ordem, foram os primeiros seniores e monitores (na mesma ordem das patrulhas) a receberem o distintivo de investidura sênior das mãos do Chefe Carlos e do assistente da tropa, Chefe Edmo.

A tropa desde sempre foi vocacionada a viverem grandes aventuras e grandes desafios. As atividades eram bastante puxadas, o adestramento exigido pela chefia levava os jovens seniores a se superarem técnica e moralmente. Existia um respeito e amizade muito grande entre os seniores e a chefia. A tropa também contribuía com as atividades festivas do grupo, indo buscar bambu no Jardim Taquaral para montar as barracas das quermesses.

AS ATIVIDADES NO COLÉGIO SANTA MARIA

Sendo a sede do Grupo na paróquia de Santa Gertrudes, tínhamos um pequeno espaço para as grandes atividades que eram exigidas pela tropa sênior. A solução encontrada foi a autorização conseguida pela chefia para que nós nos reuníssemos 3 sábados do mês no colégio Santa Maria e 1 na sede do GE.

Era simplesmente fantástico fazer atividade neste colégio, que conta com uma grande área arborizada, dispunha de bambu para a prática de pionerias, um campinho de futebol e uma área pantanosa ao fundo onde praticavam tirolesa, craw e muitas outras aventuras. A tropa tinha contato direto com a natureza e com a realidade das matas onde acostumávamos acampar. O adestramento era muito proveitoso e a tropa aprendeu muito com esta experiência.

O PRIMEIRO ACAMPAMENTO

Por ser o primeiro, este evento histórico e inesquecível, tal qual a frase de um chefe: “Quando minhas nádegas começarem a tremer, meus lábios começaram a sorrir”. Calma, calma, não imaginem besteiras. Estávamos exaustos, sentados no trilho esperando a carona de um trem no meio da serra do mar já no anoitecer do domingo.

Acampamos de forma inexperiente, levando como indumentária barracas com ferragens, fogareiros com botijões de 2kg e mais um cem quilos de tralha numa aventura onde tivemos de andar por quase 12km até o local do acampamento no meio da serra do mar. Jovens seniores pata tenras acampando pela primeira vez e tendo a chuva por companheira. Sofremos um bocado para montar o campo e fazer nossa refeição,  mas a partir deste dia a tropa amadureceu e cresceu, fazendo com que todos os outros acampamentos parecessem brincadeira.

A GUERRILHA SENIOR DISTRITAL

Esta atividade sem duvida esta registrada na memória de cada um dos garotos que vivenciaram esta experiência, e a partir dela os seniores do Ibiraguaçu ficaram conhecidos e respeitados por toda comunidade escoteira local.

Trata-se de uma atividade distrital do qual participaram todas as tropas seniores do distrito, um total de 12 grupos. Éramos os mais novos e formamos um exercito que teria que guerrilhar durante dois dias com tropas experientes. Sem barracas, fazendo comida sem utensílios domésticos, dormindo no chão (quando dava), sem banho, capturando “soldados” do exercito inimigo – tínhamos que aplicar toda a técnica escoteira para sobreviver a aquela situação caótica em mata fechada. A Xingu foi a grande vencedora!

Foi um momento de grande orgulho. É desta atividade que alguns costumes e símbolos presentes até hoje nasceram: O símbolo da tropa (a caveira), dormir em taipiri, o grito da tropa e a disposição para atividades de “ralo”.

A COMPOSIÇÃO ORIGINAL DOS GRITOS:

Serra do Mar – Monitor Rogério Vieira
“Do norte ao sul deste Brasil, patrulha assim nunca se viu – Patrulha Serra do Mar!!!”

Serra dos Itatins – Osvaldo Dias
“No ar, na terra, no mar, com fogo e água iremos lutar, até os mais longínquos confins – Patrulha Serra dos Itatins”

Pantanal – Maurício Jabá
“Do norte, do sul, do leste e do oeste, o verde das matas, o azul das montanhas, são todas razões que temos para gritar, o grito de patrulha…1,1, 2, 3, jacaré é que mais há naquele matagal, pela natureza patrulha Pantanal”

O Grito da Tropa foi elaborado somente após a 1ª guerrilha sênior distrital. Ele é formado por um trecho do grito do exército branco (do qual nós fazíamos parte) com um pedaço do grito de guerra da equipe americana que participou das 1as olimpíadas (filme Carruagens de Fogo)

Subindo os montes, descendo os vales, é tropa Xingu conquistando os povos! Quem vai ganhar? Nós! Quem vai ganhar? Nós! Tropa Xingu