Clã Rairu

UM POR TODOS TODOS POR UM

CLA DE PIONEIROS, RAIRU

GRUPO ESCOTEIRO, IBIRAGUACU

17/08/1985 é a data da fundação do Clã de Pioneiros RAIRU. Foi neste dia que através do comissário do 17º distrito Santo Amaro os mestres Johan e Cristina Ribeiro foram investidos e na seqüência, investiram o primeiro membro juvenil Maurício Dias (Jabá), sênior que atingira a idade dos 18 anos e fora preparado durante o período da ponte pioneira para este momento.

O nome RAIRU, que significa na língua tupi – pessoa que pratica atos de bravura, herói (fonte: dicionário da língua indígena biblioteca municipal de São Paulo) – foi escolhido ainda no ano de 1985 pelos pioneiros que atuavam no clã, estes já somavam 7 jovens (4 rapazes e 3 moças).

Nos primeiros anos de clã, os pioneiros eram assistentes nas seções e realizavam suas atividades após as 17 horas e que oficialmente terminava às 19 horas. Oficialmente porque sempre tinha a “esticada”, tempos bons que os jovens iam ao cinema assistir um bom filme, participavam dos bailinhos de garagem ou então saborear um gostoso rodízio no grupo Sérgio.

Em 1986 tivemos a “1ª Noite da Chama” – momento de reflexão do clã – a chama era a luz para iluminar e serenizar os espíritos juvenis inquietos. Nesta atividade decidimos que para o clã continuar crescendo de forma sustentável era necessário escrever uma “Carta Pioneira” que continha as normas de conduta que todos os pioneiros do clã Rairu deveriam seguir. A carta foi escrita pelos pioneiros Maurício Jabá, Rogério e Osvaldo – apresentada e discutida amplamente por todos, correções e sugestões foram inseridas e então em 07/02/1987 ela foi aprovada pela Assembléia do Clã (10 pioneiros no total).

Nestes 20 anos foram muitas as historias vividas, muitos jovens escreveram seus nomes na “sagrada toalha” (somente os investidos entendem o que isto significa). Como bem nos ensina BP em seu livro escrito especialmente para os pioneiros – Caminho para o Sucesso – existem em nossa jornada momentos difíceis e estes aconteceram com mais severidade por 2 vezes em nossa história quando as atividades do clã foram encerradas.

O Clã Rairu é o único em território nacional a realizar suas atividades em uma replica de um “Castelo Medieval” construído na sede do 150 – GE Ibiraguaçu. É também o clã que idealizou e promove anualmente o já consagrado “Jantar Medieval” – um momento mágico onde se revive as festas e ceias da corte do Rei Arthur.

O Clã Rairu registra em seu livro de ouro algumas insígnias de BP – o grau máximo a que um pioneiro pode chegar.

Quer saber mais do Clã Rairu? Então venha nos visitar!

Melhor Possível!!!

Castelo